sexta-feira, 19 de junho de 2009

"Não apresse o rio...ele corre sozinho..."Sidarta



E você quer cidade
e eu, solidão...
Praticidade, conforto
e segurança.
Eu, uma casa no campo,
o silêncio,
a estante muda.
Por hora se juntar,
se estar...
Depois de novo, bater asas
até passarinho cansar...
E o que nos une são essas
diferenças que as almas
acolhem e até acham
engraçado.
Esse amor gozado que
quando acontece,
não sabemos bem o que
fazer com ele....
(Silvana Gonçalves)

Um comentário: