domingo, 14 de junho de 2009

Quintaniando....


"É preciso a saudade para eu te sentir
como sinto ― em mim ― a presença misteriosa da vida...
Mas quando surges és tão outra e múltipla e imprevista
que nunca te pareces com o teu retrato...
E eu tenho de fechar meus olhos para ver-te"
(Mário Quintana)

2 comentários: